Enoturismo na Bahia: quais vinícolas visitar?

Que a Bahia tem lindas praias e paisagens, todo mundo já sabe. Mas você sabia que o enoturismo na Bahia está em pleno crescimento? 

A produção de vinhos no estado está concentrada em duas regiões: na Chapada Diamantina e no Vale do São Francisco, onde as vinícolas se dividem entre os municípios de Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco — cidades vizinhas separadas pelo Rio São Francisco.

Se você aprecia um bom vinho, conhecer as vinícolas na Bahia é uma excelente opção de programa. Continue lendo para descobrir algumas delas e planejar a sua próxima viagem!

Vinícolas na Bahia: Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina, na região central do estado, é famosa por suas belas paisagens e cachoeiras. A altitude e as temperaturas amenas da região são um atrativo para os turistas e, recentemente, têm atraído também produtores de vinho. 

Já são três vinícolas operando na região e você pode visitar todas elas!

Uvva

https://www.instagram.com/p/CazUQ6FLoBN/?utm_source=ig_web_copy_link

A recém-inaugurada Uvva é uma das vinícolas mais incríveis do Brasil. Ela está localizada no município de Mucugê, a cerca de 20 km da sede, e produz uvas Sauvignon Blanc, Petit Verdot, Cabernet Franc, Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Merlot e Malbec.

A Vinícola foi projetada pela arquiteta Vanja Hertcert, especialista nesse tipo de construção, e instalada à beira da Serra do Sincorá, garantindo aos seus visitantes a oportunidade de apreciar uma linda vista para as montanhas da região.

A Uvva oferece três tipos de tour e é preciso fazer reserva para todos eles:

  • Visita simples: apenas visitação, sem tour (R$ 160 inteira)
  • Entusiasta Sincorá: tour panorâmico de meia hora com acompanhamento de um enólogo e degustação de dois rótulos (R$ 220 inteira)
  • Experiência Uvva: visita de 1h30 pelos vinhedos e área técnica com acompanhamento de enólogo e degustação de quatro rótulos (R$ 310 inteira)

Apesar de existir a meia entrada para a vinícola, não é permitida a visita de menores desacompanhados.

Faça aqui o seu agendamento para visitar a vinícola Uvva!

A Uvva oferece três tipos de tour e é preciso fazer reserva para todos eles

Vinícola Vaz

https://www.instagram.com/p/CZuxNrxJhcg/?utm_source=ig_web_copy_link

A Vinícola Vaz fica no município de Morro do Chapéu, na região norte da Chapada Diamantina. Os seus primeiros vinhos foram elaborados em 2018 e, de lá até aqui, a fazenda já cresceu significativamente a sua produção.

Por lá, são produzidas uvas Malbec, Pinot Noir, Syrah, Chardonnay, Moscato, Sauvignon Blanc e Viognier.

São oferecidos três tipos de visitas:

  • Visita simples: livre acesso aos vinhedos, porém se acompanhamento de especialista e sem degustação (R$ 30 reversíveis em compras a partir de duas garrafas na loja da vinícola)
  • Tour Ferro Doido: passeio guiado pelos vinhedos, visita à cantina e degustação de dois rótulos (R$ 60)
  • Tour Vaz Premium: passeio guiado, visita à cantina e degustação de quatro rótulos com acompanhamento de uma enóloga (R$ 120)

Para visitar a vinícola Vaz, entre em contato pelo whatsapp (74) 9986-3316

Vinícola Reconvexo

https://www.instagram.com/p/CXMAP0AJcGu/?utm_source=ig_web_copy_link

Também em Morro do Chapéu, a terceira vinícola da Bahia que vamos apresentar aqui começou a sua produção em 2018, inicialmente plantando as castas Syrah e Malbec e com planos de cultivo da uva Chardonnay.

A vinícola Reconvexo oferece duas opções de visita:

  • Reserva de mesa para usufruir do Wine Garden, com serviço de vinhos e consumo de outros produtos do catálogo (consumação mínima de R$ 15 por adulto
  • Tour e degustação, com visita caminhada pelos vinhedos, visita à área de produção e degustação de dois rótulos (R$ 60) 

Faça aqui seu agendamento para visitar a vinícola Reconvexo!

Vinícolas na Bahia: Vale do São Francisco

O Vale do São Francisco, na fronteira da Bahia com Pernambuco, tem condições climáticas e solo com características especiais, possibilitando a maturação mais rápida das uvas, com até duas safras e meia em um mesmo ano.

Terranova

https://www.instagram.com/p/CVDYEPEA44S/?utm_source=ig_web_copy_link

Uma das mais tradicionais vinícolas da Bahia, a Terranova fica no município de Casa Nova e pertence ao Grupo Miolo. A fazenda tem 683 hectares e, destes, 200 são dedicados ao plantio de uvas.

Na visitação, é possível conhecer os processos de fabricação das bebidas, desde os vinhedos até o engarrafamento, além da destilaria. A entrada custa R$ 20 e é preciso agendar a visita, que dá direito a um voucher de R$ 5 para usar na compra de vinhos, espumantes e destilados na loja da vinícola.

Visitas através do e-mail: visitaterranova@miolo.com.br ou pelo telefone: (74) 981190491

Vapor do Vinho

https://www.instagram.com/p/CFKRbR7Him6/?utm_source=ig_web_copy_link

Se você pretende visitar a vinícola Terranova, a nossa dica é que você faça o roteiro Vapor do Vinho, um tour pelo Rio São Francisco a bordo de um barco exclusivo. O passeio dura cerca de 2h30 e leva você a diversos pontos do Rio São Francisco e do Lago Sobradinho, com uma parada na vinícola e degustação de bebidas e pratos típicos a bordo.

O Vapor do Vinho é um projeto da Terranova em parceria com a Bahiatursa e custa R$ 198, incluindo transfer rodoviário e fluvial com música ao vivo.

Para reservar é preciso entrar em, contato pelo telefone (74) 98805-1809

Vinum Sancti Benedictus

Vinum Sancti Benedictus: garrafas de vinho têm 2,2 kg de uvas

Outra opção para quem quer fazer enoturismo na Bahia é visitar a vinícola Vinum Sancti Benedictus, que fica em Curaçá. A proposta da fazenda é uma produção artesanal, número reduzido de cachos por planta, colheita manual noturna e separação de bagas sem máquinas, além de severa seleção de uvas.

O grande diferencial da vinícola é que suas garrafas de vinho têm 2,2 kg de uvas, o dobro de grandes vinhos mundiais, que têm 1,1 kg.

A vinícola recebe visitas, mas é necessário entrar em contato pelo telefone (74) 3536-1132 para agendar.

Que tal aproveitar o passeio para conhecer algumas vinícolas pernambucanas?

Também no Vale do São Francisco, alguns municípios do lado pernambucano têm vinícolas que podem ser visitadas e produzem boas bebidas. 

Conheça algumas opções:

  • Vinícola Botticelli: foi a primeira do nordeste a produzir vinhos e pioneira na região no cultivo de uvas para exportação – fica no município de Santa Maria da Boa Vista;
  • Vinícola Bianchetti: única da região que produz vinhos orgânicos, a vinícola está localizada em Lagoa Grande;
  • Terroir do São Francisco: produz suco de uva e espumantes no município de Lagoa Grande;
  • Vinícola Santa Maria – Rio Sol: também em lagoa Grande, tem mais de 120 hectares de vinhas e, além de vinhos de diversas castas, produz também picolés de espumante

E aí, se animou para fazer enoturismo na Bahia e conhecer outros sabores além do dendê e dois frutos do mar? 

Os passeios pelas vinícolas são uma boa opção em qualquer época do ano e combinam com todo tipo de viagem, seja em casal, com amigos ou em família!

E se você optar por visitar as vinícolas da Chapada Diamantina, não deixe de conferir os nossos artigos com dicas do que fazer no Vale do Capão e em Lençóis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.