Farol da Barra vence premiação internacional

Um dos principais pontos turísticos de Salvador, o Farol da Barra recebeu o prêmio “Farol Patrimônio 2020”, concedido pela Associação Internacional de Auxílios Marítimos (IALA), que tem sede na França. O cartão postal soteropolitano venceu faróis de países como Índia, Japão, Reino Unido e Portugal na disputa.

Turismo de mergulho: quais e quantos navios naufragaram na Baía de Todos-os-Santos?

A premiação, que levou em conta ações de manutenção, acesso público e educação, aconteceu somente agora em função da pandemia. A cerimônia foi realiza no Museu Náutico, na Barra, com a participação de autoridades civis e militares. O evento teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur-BA).

“Esse é um prêmio de importância mundial, que incentiva o turismo. Ele é resultado da parceria da Marinha com o Governo da Bahia e a Prefeitura de Salvador, que trabalham em conjunto pela valorização desse patrimônio que atrai milhares de turistas”, ressaltou o comandante do 2º DN, vice-almirante Antonio Carlos Cambra.

O Que Fazer em Salvador em Um Dia: 5 roteiros

História do Farol da Barra

O Farol da Barra, cujo nome oficial é Farol de Santo Antônio, foi instalado em 1698, inicialmente em formato quadrangular, como o primeiro sistema de sinalização náutica a entrar em operação nas Américas. A torre atual é de 1839 e tem 22 metros de altura, uma das maiores atrações da zona turística Baía de Todos-os-Santos.

No século XVII, o porto de Salvador era um dos mais movimentados e importantes do continente, e era preciso auxiliar as embarcações que chegavam à Baía de Todos-os-Santos traficando escravos negros ou em busca de pau-brasil e outras madeiras-de-lei, açúcar, algodão, tabaco e outros itens para abastecer o mercado consumidor europeu.

Após o trágico naufrágio do Galeão Santíssimo Sacramento, capitania da frota da Companhia Geral do Comércio do Brasil, no fim do século XVII, o governo geral reedificou o Forte de Santo Antônio da Barra, vindo a receber um farol para auxiliar as embarcações marítimas.

Museu Náutico da Bahia
Museu Náutico da Bahia

Dentro do forte onde está o Farol da Barra também funciona o Museu Náutico da Bahia, que possui um acervo de achados arqueológicos, instrumentos náuticos e réplicas de embarcações. Quem acessa o local pode, ainda, visitar o pátio do forte, onde estão alguns canhões, e a torre do farol, que proporciona uma vista privilegiada para a Baía de Todos os Santos.

O Museu Náutico da Bahia funciona todos os dias, das 9h às 18h. Os ingressos custam R$ 15 e a meia, R$ 7,50. Moradores de Salvador pagam R$ 10,00, mas precisam apresentar comprovante de residência. Mais informações, consulte o site oficial do Museu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Article
Cana Brava All Inclusive Resort

Cana Brava All Inclusive Resort, em Ilhéus, terá novidades ainda em 2023

Next Article
MSC Grandiosa

Bahia recebe maior navio de cruzeiro a navegar no litoral do Brasil

Related Posts