Farol da Barra vence premiação internacional

Um dos principais pontos turísticos de Salvador, o Farol da Barra recebeu o prêmio “Farol Patrimônio 2020”, concedido pela Associação Internacional de Auxílios Marítimos (IALA), que tem sede na França. O cartão postal soteropolitano venceu faróis de países como Índia, Japão, Reino Unido e Portugal na disputa.

Turismo de mergulho: quais e quantos navios naufragaram na Baía de Todos-os-Santos?

A premiação, que levou em conta ações de manutenção, acesso público e educação, aconteceu somente agora em função da pandemia. A cerimônia foi realiza no Museu Náutico, na Barra, com a participação de autoridades civis e militares. O evento teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur-BA).

“Esse é um prêmio de importância mundial, que incentiva o turismo. Ele é resultado da parceria da Marinha com o Governo da Bahia e a Prefeitura de Salvador, que trabalham em conjunto pela valorização desse patrimônio que atrai milhares de turistas”, ressaltou o comandante do 2º DN, vice-almirante Antonio Carlos Cambra.

O Que Fazer em Salvador em Um Dia: 5 roteiros

História do Farol da Barra

O Farol da Barra, cujo nome oficial é Farol de Santo Antônio, foi instalado em 1698, inicialmente em formato quadrangular, como o primeiro sistema de sinalização náutica a entrar em operação nas Américas. A torre atual é de 1839 e tem 22 metros de altura, uma das maiores atrações da zona turística Baía de Todos-os-Santos.

No século XVII, o porto de Salvador era um dos mais movimentados e importantes do continente, e era preciso auxiliar as embarcações que chegavam à Baía de Todos-os-Santos traficando escravos negros ou em busca de pau-brasil e outras madeiras-de-lei, açúcar, algodão, tabaco e outros itens para abastecer o mercado consumidor europeu.

Após o trágico naufrágio do Galeão Santíssimo Sacramento, capitania da frota da Companhia Geral do Comércio do Brasil, no fim do século XVII, o governo geral reedificou o Forte de Santo Antônio da Barra, vindo a receber um farol para auxiliar as embarcações marítimas.

Museu Náutico da Bahia
Museu Náutico da Bahia

Dentro do forte onde está o Farol da Barra também funciona o Museu Náutico da Bahia, que possui um acervo de achados arqueológicos, instrumentos náuticos e réplicas de embarcações. Quem acessa o local pode, ainda, visitar o pátio do forte, onde estão alguns canhões, e a torre do farol, que proporciona uma vista privilegiada para a Baía de Todos os Santos.

O Museu Náutico da Bahia funciona todos os dias, das 9h às 18h. Os ingressos custam R$ 15 e a meia, R$ 7,50. Moradores de Salvador pagam R$ 10,00, mas precisam apresentar comprovante de residência. Mais informações, consulte o site oficial do Museu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Article
Cana Brava All Inclusive Resort

Cana Brava All Inclusive Resort, em Ilhéus, terá novidades ainda em 2023

Next Article

Os sete destinos baianos gay friendly mais procurados por turistas

Related Posts