Estrada do Chocolate, na Costa do Cacau, ganha nova atração

Mais de 80 marcas do setor chocolateiro estão instaladas na região

O trecho rodoviário entre Ilhéus e Uruçuca, na zona turística Costa do Cacau, onde funciona o roteiro histórico e gastronômico da Estrada do Chocolate, ganhou novas atrações. A fábrica de chocolate Dengo abriu as suas instalações para visitação, com a oferta de experiência rural sustentável, restaurante e loja de produtos derivados do cacau. Mais de 80 marcas do setor chocolateiro estão instaladas na região.

“Esse exemplo demonstra que o Governo da Bahia está no caminho certo, estimulando a iniciativa privada a investir na associação da indústria sustentável ao turismo. Após a requalificação da estrada temática, que fizemos no ano passado, o equipamento passou a receber novos negócios e hoje está consolidado como um roteiro turístico importante”, pontuou o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar, que visitou o empreendimento.  

Na área da Dengo, o turista tem a oportunidade de conhecer uma fazenda de cacau e todo o processo da cultura, desde o plantio e colheita do fruto, até o uso das amêndoas para a produção do chocolate. Durante o passeio, são fornecidas informações sobre a história da lavoura cacaueira e as características da Mata Atlântica, que emoldura essa parte da Bahia. 

“Nossa motivação foi valorizar a cacauicultura e as pessoas que trabalham nessa atividade, provando que conservar e produzir é possível. Agora, essa estratégia se conecta com a cadeia do turismo, para demonstrar todo o potencial que existe aqui”, explicou o representante da Dengo, Ricardo Gomes. 

O secretário Bacelar também se reuniu em Ilhéus com representantes das 13 fazendas que integram a rota turística. Foi anunciada a criação do Conselho Gestor da Estrada do Chocolate. “Fiquei muito feliz com o entusiasmo de todos sobre a consolidação dessa estrada conceitual. Acho que chegamos a um nível em que não se recua mais, porque todos estão com muita força de vontade”, comentou o gerente da fábrica Mentuá Chocolates, Raimundo Mororó. 

O incremento do turismo acontece no momento em que a região comemora o remake da novela global Renascer, que foi ao ar pela primeira vez em 1993, contando a saga de José Inocêncio, poderoso fazendeiro de cacau em Ilhéus. A cidade também é ponto de parada de cruzeiros marítimos. Nesta temporada, são esperados mais de 100 mil passageiros. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Article

Porto Seguro deve ganhar voo de Portugal a partir de junho 2023

Next Article

Rooftop do Fera Palace Hotel abre restaurante super exclusivo

Related Posts