Prefeitura de Lauro de Freitas realiza ações no mês de conscientização sobre o autismo

Confira as diferentes ações realizadas pela gestão do município localizado na Região Metropolitana de Salvador

“Não há desenvolvimento sem inclusão social, nós temos que trabalhar para inclusão de todos e todas”. A frase declarada pela prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, demostra como a gestão municipal tem direcionado os esforços para a causa autista. Em abril, inúmeras ações serão realizadas para dar visibilidade ao mês de Conscientização sobre o Autismo, o ‘Abril Azul’.

Logo no início do mês, a Prefeitura de Lauro de Freitas por meio da SEPADHIR, do Grupo de Trabalho do Autismo e do Conselho de pessoas com deficiência, em parceria com o Parque Shopping Bahia, realizou uma ação direcionada a crianças e jovens com o transtorno (TEA). No local, eles puderam se divertir em um parque inflável instalado no shopping. As famílias ainda conheceram a estrutura de salas sensoriais, localizadas na Clivale Mais, onde são realizadas terapias para as crianças com autismo.

Para a prefeita, Moema Gramacho, é necessário cada vez mais resgatar as crianças e jovens que têm autismo. “Eles precisam de oportunidade e essa ação dentro do Parque Shopping Bahia está mostrando que isso é possível. Aqui tem uma sala sensorial. Precisamos entender a importância da inclusão.” disse a prefeita.

Os pais atípicos que participaram do evento, destacaram que ações como as que foram realizadas no Parque Shopping Bahia, surgem como um espaço importante de inclusão. A gente espera que cada vez mais a sociedade possa compreender que quem tem que se adaptar não são os autistas e sim que a sociedade precisa se adaptar a eles”, enfatizou Caio Oliveira, pai atípico. Já a empresária e mãe atípica, Queise Badaró, declarou que as iniciativas que promovem o debate sobre o autismo são essenciais. “Estamos tendo um avanço maravilhoso, a Prefeitura nos dando esse apoio, nos ouvindo e realizando essas ações é fundamental para nossos filhos”, disse.

A Prefeitura de Lauro de Freitas apresentou um calendário de ações para o mês de abril. Entre elas, será realizada uma caminhada no Parque Ecológico com a presença de 300 crianças, além de um dia lúdico para pessoas com autismo nos CAPS, com músicos e cantores. A coordenadora executiva do gabinete da prefeita, Ingrid Leila, ainda detalhou as demais iniciativas. “Teremos uma palestra para a sociedade, conscientizando todo mundo para entender como funciona esse universo de pessoas com TEA. Para finalizar faremos um mutirão de saúde para um atendimento específico a esse público” concluiu.

Ações por toda cidade

A Prefeitura de Lauro de Freitas, através da Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPADHIR), ainda tem atuado firmemente na luta contra o preconceito. Além da conscientização, a gestão municipal tem oferecido inúmeros serviços e atendimento para pessoas com TEA.
“A gestão através do Departamento da Pessoa com Deficiência de Lauro de Freitas está atuando firmemente com a intenção de promover políticas públicas voltadas a esse público, ajudando no seu pleno desenvolvimento. Focando nas habilidades, competências, e principalmente na autonomia dos indivíduos com espectro Autista”, destacou Rudy Francisco, Coordenador do Departamento da Pessoa com Deficiência da SEPADHIR.

Confira algumas iniciativas que a Prefeitura tem disponibilizado para as pessoas com TEA que residem em Lauro de Freitas:

Centro Especializado em Reabilitação (CER): mantido pela Prefeitura de Lauro de Freitas, o equipamento funciona na Unime oferecendo, de segunda à sexta-feira, atendimento especializado para pessoas com deficiência física, intelectual e auditiva, com a assistência de uma equipe multidisciplinar composta por fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicólogo, assistente social, fisioterapeuta, enfermeiro, psicopedagogo e técnico de enfermagem. As principais condições de saúde atendidas no CER são: surdez, TEA, Síndrome de Down, microcefalia, AVC.

Centro de Atenção Psicossocial Infantil e adolescente (CAPS I): local atende crianças e adolescentes de dois a 18 anos com síndromes psiquiátricas, transtornos globais de desenvolvimento, violência e com dependência química. A unidade possui uma equipe multidisciplinar composta por médico psiquiatra, psicólogo, assistente social, educador físico, fonoaudiólogo, farmacêutico e enfermeiros, músicos que atuam para o desenvolvimento tanto físico quanto intelectual. Os assistidos que precisam usar remédios recebem no próprio equipamento seu medicamento distribuído pela farmácia regularmente na unidade.

PASSE LIVRE: Pessoas com deficiência, comprovadamente carentes, têm direito a se locomover de forma gratuita com o Passe Livre Intermunicipal. Em Lauro de Freitas, a solicitação da carteira é intermediada pela Secretaria de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPADHIR). O serviço está disponível de segunda a sexta, das 8h às 14h. A carteira é destinada à população carente que vive com deficiência física, auditiva, visual, mental, transtorno global do desenvolvimento ou transtorno espectro autista, deficiência por causas genéticas, deficiências múltiplas ou associação de duas ou mais deficiências. Ele pode ser utilizado no sistema de transporte coletivo intermunicipal, nos modais rodoviário, ferroviário, aquaviário e metroviário do Estado da Bahia.

DPCD-LF: Departamento da Pessoa com Deficiência de Lauro de Freitas, que idealiza, planeja, promove e transversaliza políticas públicas voltadas às pessoas com deficiência, Além disso faz a comunicação entre as demandas da sociedade PCD, com a gestão municipal, além de interceder em diversas organizações, entidades e instituições que acolhem e cuidam das pessoas com deficiência, inclusive a Síndrome de Down.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Article

A história da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Related Posts