Você conhece a história do Elevador Lacerda?

O Elevador Lacerda é um dos mais importantes e conhecidos cartões postais da cidade de Salvador. Faz a ligação entre a Praça Cairu, na Cidade Baixa, e a Praça Tomé de Souza, na Cidade Alta. Considerado como o primeiro elevador urbano do mundo.

Como é a Lavagem do Bonfim, em Salvador

Idealizado pelo engenheiro Augusto Frederico de Lacerda. Construído pelo empresário baiano Antônio de Lacerda. Possui duas torres. Sobre a primeira torre: saia de uma rocha que perfurava a Ladeira da Montanha. Teve a construção iniciada em 1869. Ainda sobre a primeira torre: inaugurada 4 anos mais tarde, em 1873 e até então, era considerado o elevador mais alto do mundo.

A primeira torre possuía 63 metros de altura. Os dados abaixo são da sobre a segunda torre, ou seja, o Elevador Lacerda que conhecemos atualmente (foto está nos comentários). O atual Elevador Lacerda (segunda torre) foi inaugurado em 1930. Pelo seu formato, era popularmente chamado de “Parafuso”. Com a construção da segunda torre, passou a 72 metros de pura beleza!

O primeiro nome do Elevador Lacerda era Elevador Hidráulico da Conceição. Apenas em 1896 passou a ser chamado oficialmente de Elevador Lacerda, em homenagem a seu construtor, Antônio de Lacerda. Transporta em média 28 mil passageiros por dia. A viagem é vapt-vupt: 30 segundos! Valor por cada passageiro: 15 centavos! Um dado curioso: no início, as pessoas que iriam utilizar o Elevador Lacerda, eram pesadas na balança.

E depois de calculado o valor total do peso dos passageiros, atingindo a capacidade máxima, assim a viagem era liberada! Riquezas da nossa terra!

*Adson Brito é professor de História com formação em Psicologia e Filosofia. Texto reproduzido da página do Facebook Salvador Tem Muitas Histórias, mantida por ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.