Praça Cairu

Praça Visconde de Cairu, no Centro Histórico de Salvador, vira point turístico

Citado em canções como “Retrato da Bahia”, do cantor e compositor Riachão, um dos principais cartões-postais da capital baiana está mais belo e moderno, sem perder a história que marca o local de 32 mil m². A Praça Visconde de Cairu, ou simplesmente Praça Cairu, na região do Comércio, foi completamente requalificada pela Prefeitura e entregue em julho.

O local por onde circulam milhares de pessoas diariamente é também um ponto de encontro entre moradores e visitantes de todo o Brasil e do mundo. É, também, porta de entrada para quem chega pelo mar e ponto obrigatório nos roteiros de quem quer conhecer Salvador.

“Aqui na Praça Cairu, os turistas se deparam com a história e a cultura do povo, a exemplo do Mercado Modelo, com a presença de especiarias e produtos típicos, da capoeira, da água de coco, das baianas e de tudo o que existe em Salvador, além do acesso à Cidade Alta e uma visão fantástica da Baía de Todos-os-Santos e do Forte São Marcelo”, relatou ACM Neto, prefeito de Salvador.

Melhorias – Entre as intervenções estão a construção do deque de contemplação e a colocação de piso em granito. Já o piso geral do calçamento é de concreto usinado cinza. A rampa de acesso de veículos ao Terminal Náutico foi completamente refeita, também em concreto, bem como as rampas para pessoas com deficiência. A parada de ônibus de turismo foi totalmente revitalizada.

No entorno do Mercado Modelo, foi realizado o rebatimento da fachada, a substituição do piso por pedra portuguesa nas cores branca e preta. Foram promovidas a implantação de novos bancos, reforma do busto do Visconde de Cairu, fechamento do canteiro de árvores, reforma do guarda-corpo do cais e do gradil do estacionamento do Terminal Náutico. Além disso, balizadores foram implantados na área de Embarque e Desembarque do Terminal Náutico e o gradil que circunda o monumento também foi recuperado.

A iluminação da praça e de todo o seu entorno também recebeu importantes intervenções. De acordo com a Diretoria de Iluminação (Dsip), foram instaladas 97 luminárias e 13 projetores, totalizando o investimento de R$277 mil.

Expectativa – Mesmo ainda com as atividades suspensas devido à pandemia, os guias turísticos Ana Paula Sá, de 35 anos, e Adelmo Santos, de 37 anos, foram conferir de perto a nova Praça Cairu, já como preparação para receber os turistas após a crise sanitária. “Com essa linda estrutura, acredito que vai melhorar muito a questão da segurança. O local ficou mais aberto, amplo e, assim, o turista vai conseguir explorar novamente essa região da Cidade Baixa que estava tão abandonada durante anos”, disse Ana Paula.

“A gente percebe que, nos últimos anos, a Prefeitura vem fazendo melhorias na cidade, principalmente urbanísticas. Antigamente, a gente tinha que ‘adoçar a boca’ para falar de Salvador, devido à situação precária em que estava. Nos últimos anos, temos percebido que a cidade está se recuperando totalmente e, juntando a cultura local e a infraestrutura, era tudo o que o turista gostaria de ter”, completou Santos.

História – Tendo a um lado o Mercado Modelo; à frente, o Elevador Lacerda; e mais adiante, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia e o 2º Distrito Naval, a Praça Visconde de Cairu – antes grafada Cayru –, foi construída entre o final do século XIX e o início do século XX, quando o mercado ainda era a alfândega da capital baiana e parte da Cidade Baixa não tinha sido totalmente aterrada. A praça é um dos principais pontos de visitação de turistas que chegam do Terminal Náutico da cidade.

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais!

2 Comentários

  1. Bom artigo sou a Helena, e gostei muito deste artigo em seu site, tem muita qualidade parabéns vou acompanhar seus artigos, para saber mais dicas.

    1. Oi Helena, como vai? Muito obrigado pelo seu feedback! Continue acompanhando porque vem muita coisa legal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *